Tolerância Ao Fracasso

fracasso

Em um mundo que cobra resultados e performance o fracasso parece ser um pecado mortal e imperdoável.

Quando trabalhamos como afiliados divulgando cursos de terceiros inevitavelmente nos deparamos com os temíveis REEMBOLSOS. Nenhum afiliado quer ter vendas reembolsadas, mas cedo ou tarde isto irá acabar acontecendo.

O que mais impressiona são os motivos que levam as pessoas a desistir e solicitar reembolso. Há casos em que a pessoa compra o curso em um dia e 24 horas depois já está pedindo reembolso. O que será que levou a essa decisão relâmpago? Até parece que antes mesmo de efetuar a compra a pessoa já estava programada para desistir. Por mais que seja estranho muitas pessoas estão prontas para sabotarem a si mesmas.

O caminho natural para ter resultados com cursos.

Existe um caminho lógico para percorrer se você deseja ter sucesso trabalhando com marketing de afiliação. Se você adquiriu um curso recentemente precisa extrair o máximo dele. Para saber se ele te levará ou não ao resultado é preciso passar pelas seguintes etapas dentro dos 30 dias da garantia:

  • Você precisa reservar um tempo do seu dia para assistir aos vídeos.
  • Você precisa começar a colocar as estratégias em prática o mais rápido que for possível.
  • Você precisa abrir mão de distrações e diversões para ter mais tempo para seu novo empreendimento.
  • Você precisa estar disposto a investir em seu negócio.
  • Você precisa contar com o suporte do curso.
  • Você precisa contar com o suporte do grupo de alunos do curso.
  • Você precisa abrir mão da necessidade de ver resultados imediatos.
  • Você precisa desenvolver uma forte couraça para suportar FRACASSOS.

Quem faz tudo isso? ninguém…

Analisando as reclamações de quem compra cursos para aprender a ganhar dinheiro percebi que raramente as pessoas se dedicam e se esforçam da maneira que deveriam. Quando os obstáculos aparecem já pensam logo em desistir, já querem logo reembolso, já falam mal do curso, xingam, berram, etc…

Compreenda o seguinte: se você vai jogar tudo para o alto não está desistindo de um curso. ESTÁ DESISTINDO DE VOCÊ MESMO.

O produtor vai continuar vendendo seus cursos para outras pessoas. O afiliado que perdeu uma venda pode se recuperar com novas vendas. O único prejudicado foi aquele aluno que tinha a pretensão de ganhar dinheiro e acabou desistindo no meio do caminho. O mundo vai continuar girando sem você e as coisas vão continuar acontecendo. Com ou sem você o dinheiro vai circular e ser gerado em negócios online. Você tem que preferir estar dentro deste processo, não fora dele!

Tenho notado uma tolerância cada vez menor das pessoas em suportar fracassos. Não se engane. Se você quer sucesso em negócios virtuais precisa ultrapassar uma curva de aprendizado. Esta curva é acentuada na mesma proporção que você não tem familiaridade com negócios online, ferramentas, hospedagem, autoresponder, etc.

Os alunos de hoje estão cada vez mais moles, mais preguiçosos e mais indolentes. Quanto mais facilidades eles possuem, mais eles querem. Por mais que um curso dê tudo mastigado em suas mãos nunca será o bastante. Estes iludidos pensam que alguém vai pegá-los pelo colo e levá-los até grandes rendimentos mensais. O curso ideal é aquele que é de graça, que não vão precisar fazer nada e o dinheiro irá aparecer magicamente na conta corrente. E mesmo assim ainda não estariam satisfeitos.

Se você está atualmente fazendo um curso sobre ganhar dinheiro compreenda:

  • Nenhum produtor pode garantir que você vai ter resultados.
  • Você não vai entender nada logo de cara.
  • Tudo parecerá estranho e nada fará sentido.
  • Você colocará seu plano em ação e ele não vai funcionar.
  • No começo, você não vai ganhar nada ou vai ganhar muito pouco.
  • Seu entusiasmo vai diminuir com o passar do tempo e pensamentos de fracasso surgirão.
  • Você vai perder dinheiro.
  • Você vai se sentir enganado.
  • Você vai pensar em largar tudo para o alto diversas vezes.
  • Você vai querer o reembolso e gastar o dinheiro com besteiras pois é muito mais agradável.
  • Você vai sentir vontade de ir para o Reclame Aqui fazer um monte de críticas pesadas para o curso que comprou.
  • Você vai achar que é melhor um emprego pois terá sempre a certeza de ganhar um valor X todos os meses.

Tolerar fracasso é fácil?

Com certeza não é fácil, mas é possível. Entenda que resultados ruins e fracassos não são definitivos. Eles são apenas uma parte do seu processo de aprendizado. Ninguém pode evitar todos os erros sem antes cometê-los.

Veja o fracasso como um teste de fogo que vai colocar à prova suas pretensões, seus objetivos, sua persistência e sua força de vontade. Se você não está muito certo do que deseja qualquer obstáculo, por menor que seja, vai te derrubar. Não reclame da vida, não vá para o Reclame Aqui despejar suas frustrações, não xingue ninguém e nem fique atrás de culpados. Se alguém tem culpa de alguma coisa este culpado é apenas você mesmo!

Como espantar o fantasma do fracasso para longe?

Você só vai parar de ter medo do fracasso quando entender que todos nós seres humanos fracassamos na vida. O fracasso nunca é definitivo, ele é apenas uma parte do processo de aprendizado que todos precisamos passar antes de ter o tão sonhado sucesso.

Tenha sempre em mente a motivação principal que o fez querer desenvolver um negócio online. O que você pretende fazer com o dinheiro que vai ganhar? dar um futuro melhor para a família? para si mesmo? viajar mais? ter mais conforto? ter mais tranqüilidade? cuidar melhor da saúde? Enfim…… algum objetivo você quer atingir.

Todas as vezes que estiver com pensamentos de desistência e fracasso espante-os o quanto antes. Não deixe que os mesmos ganhem força. Não fique escutando comentários negativos e fique longe de pessoas que reclamam da vida. Não assista programas na tv sobre mortes, tragédias e desgraças. Tudo isso só vai servir para infectar seus propósitos e sabotar seus planos.

Junte-se a pessoas positivas, assista programas que o agradem, ouça músicas tranquilas e esteja sempre em ambientes e lugares que tragam boas vibraçoes e bons pensamentos. Nunca esqueça seus objetivos e jamais perca-os de vista. São eles que te darão motivação para prevalecer quando vier a vontade de jogar tudo no lixo. E acredite, esta vontade virá muitas vezes.

Se você tem filhos teria coragem de olhar nos olhos deles e dizer que você está fracassando? Se você pudesse viajar para o futuro e conhecer diversas pessoas que dependerão do seu sucesso teria coragem de dizer a todos eles que você é um fracasso? Tem coragem de falhar e faltar com a palavra para com aqueles que estão apostando em seu sucesso?

Você quer fazer a alegria daquelas pessoas que estão desejando a sua derrota? Vai deixá-los rir por último? Vai mesmo deixá-los tripudiar em cima da sua desgraça? Vai mesmo deixar que esses abutres cheguem para você e diga “eu falei que não daria certo”. Você vai deixar isso acontecer?

Só você pode responder estas perguntas. As respostas dependerão do quanto deseja o sucesso. Pare de dizer que a culpa de não ter sucesso é dos cursos do Hotmart. A culpa é sua sim!

O quanto você quer vencer? Quanto de motivação tem? O fracasso vai te derrubar para sempre ou ele vai fazer você se levantar de cada queda ainda mais forte e mais determinado?

Não estou aqui para passar a mão na sua cabeça e dizer que tudo vai terminar bem. Isso, eu não sei. Mas uma coisa eu sei sim: muita gente está neste momento torcendo para que você quebre a cara. Muitos vão rir e ficar felizes com a notícia da sua derrota. Você pode dizer que estas pessoas não existem, mas elas são tão ardilosas que nem sequer você percebe a sua existência. Estão loucas esperando um tropeço seu. Existem também muitos abutres e chacais ao seu redor que vão se alimentar de você e dos seus restos quando você cair para não se levantar mais.

Eles querem o seu sangue, querem a sua vida, querem as suas coisas. Querem sobreviver ás suas custas. A vida é uma selva terrível onde o mais forte devora o mais fraco. Se isto não o motiva a superar suas fraquezas nada mais no mundo irá.

susana

  • Paulo

    Susana, vc disse que nenhum autor pode garantir que o aprendiz vai ganhar dinheiro. Desculpe discordar com uma analogia: eu posso garantir que qualquer pessoa que montar uma banca numa feira, vai ganhar dinheiro. Ou se ela quer ser advogada, ela faz um curso e pode até não entender muito das leis que estudou. Ter esquecido…ser uma profissional ruim, mas algum dinheiro ela vai ganhar. Algum emprego ela vai conseguir. Ou se ela quiser ser dentista e tiver dinheiro pra abrir um consultório, no mínimo, alguns clientes ela terá.
    Por que então pra ganhar dinheiro na internet é tão complicado? Tem algo errado nesses cursos, não? Nos exemplos que dei e em muitos outros, é bem mais simples.
    E outra coisa: nem todo mundo leva jeito pra criar conteúdos pra internet, como blogueiro e vendedor. Por isso pode se decepcionar com esses cursos de 'ganhe dinheiro'. Depois que compra é que descobre que não era aquilo que pensava.

    • Olá Paulo, obrigado pelo seu comentário.

      Fique á vontade para discordar e expor seu ponto de vista. Estamos todos aqui para aprender.

      De acordo com o IBGE quatro de cada 10 novas empresas fecham as portas após 2 anos de abertura. 40% de falência é um número assustador em um período de tempo tão curto. Existem muitas razões para isso, os empreendedores brasileiros deveriam receber mais incentivos e a liberdade econômica deveria ser maior para que o empreendedorismo pudesse ter um percentual mais alto de sucesso.

      Eu diria que há algo errado com o empreendedorismo de modo geral, não apenas com os cursos do Hotmart. Até mesmo quem trabalha com afiliação deveria receber apoios e incentivos por parte dos governos. Imagine um programa a nível nacional que ensine as pessoas a lidarem com os desafios de um empreendimento. Mais brasileiros teriam um acréscimo em suas rendas, movimentariam a economia e fariam o país crescer. Todos ganhariam, mas sabemos que não é assim que acontece, pelo menos não no Brasil.

      Quem opta por empreender encontra-se muitas vezes na posição de ter que aprender a fazer as coisas por conta própria dependendo apenas de tentativa e erro.

      Do meu ponto de vista são 2 os principais problemas dos cursos:

      – Promessas de ganhos muito elevados com pouco ou nenhum trabalho. As pessoas compram esses cursos, investem muito dinheiro, não conseguem obter nem o suficiente para cobrir seus gastos e ficam prejudicadas. Muitos cursos são cópias de versões americanas em que nem sequer o próprio produtor atingiu os resultados que promete. Ele simplesmente traduziu e jogou para cá para vender. Isto é um problema gravíssimo. Eu até evito de divulgar aqui cursos que estejam no centro de polêmicas ou que possuam um grande número de reclamações.

      – Outro problema que eu vejo muito é que as pessoas querem garantias antecipadas de as coisas vão funcionar. Um curso só pode garantir a entrega de conhecimento. A aplicação da metodologia fica por conta do aluno. Não há negócio sem a aplicação de ferramentas, muitas vezes cobradas em dólar. Nesta hora que chega o pessoalzinho que reclama de ter que comprar essas ferramentas sentindo-se enganados. Eles acham que o conhecimento sozinho vai gerar renda.

      No geral, o empreendedorismo não oferece garantias e qualquer empresário de sucesso pode confirmar isso. Por mais que o ramo possa parecer estável existe sempre a possibilidade de você não ganhar o bastante para seu sustento e para cobrir os custos de operação. Você citou como exemplo a pessoa que vende frutas na feira. Mas há outros detalhes envolvidos: uma pessoa pode não gostar do ramo de vendas, pode não entender nada de frutas e pode não gostar da ideia de trabalhar na feira. É por isso que digo que muitas reclamações sobre os cursos atuais não possuem fundamento. Se eu não tenho vocação pra trabalhar na feira eu não posso reclamar da feira. O máximo que posso dizer é que não funciona para o meu perfil, o que é uma crítica muito mais honesta do que denegrir o ramo dos feirantes.

      Formar-se em uma profissão também não garante sucesso. O que mais temos hoje são pessoas que não trabalham na área em que se formaram. Elas não sentem identificação com aquele determinado ramo.

      O feirante e o advogado até podem ganhar dinheiro. Isso eu não discuto. Basta um mínimo de conhecimento e se posicionar no mercado que você estará apto a ganhar.Mas será que você vai ganhar o suficiente? será que vai ficar feliz naquela função? será que vai se manter por muito tempo? são questões a serem analisadas.

      Se uma pessoa compra um curso e não recebeu aquilo que foi prometido ela tem mais é que reclamar e descer a lenha. mesmo. Não é desse tipo de reclamação que me refiro.

      Eu me refiro justamente a estas pessoas que não levam jeito para criar blogs, fazer vídeos e gerar conteúdo para internet. Acho injusto que elas desmereçam o marketing digital e em algumas ocasiões façam críticas infundadas difamando produtores honestos que realmente estão fazendo um bom trabalho. Neste caso eu já acho palhaçada.É bem mais honesto que elas admitam para si mesmas que estão no segmento errado, saiam e procure uma atividade com a qual se identifiquem mais.

      Ganhar dinheiro na internet não é complicado, mas ESTÁ SE TORNANDO complicado. Muita gente acaba gerando situações desnecessárias. Acredito que afiliados com uma visão e atitudes equivocadas, além dos produtores desonestos, acabam por tornar as coisas muito mais difíceis do que elas realmente deveriam ser.

      No fim, deveria ser algo tão simples quanto montar uma barraca de frutas. De um modo geral eu ainda insisto em dizer que a tolerância ao fracasso continua sendo uma característica preponderante para o sucesso. Pois seja lá o ramo de negócios que o empreendedor estiver ele vai precisar atravessar etapas. E isto requer tempo e maturação.

  • Matheus Griebeler

    Texto muito bacana. Analogias de motivação muito fortes, adorei. A parte que mais gostei foi quando você falou das pessoas que tripudiarão quando souberem do seu fracasso. Tem uma galerinha que fica só de olho esperando o outro tropeçar para ir apontar o dedo e mandar a frase “eu falei que não daria certo”.

    Vale uma ressalva, creio que você concordará comigo.
    Os cursos dão a entender que pessoas “comuns e sem pré-requisitos” podem ganhar dinheiro na net. Definitivamente NÃO! Uma série de habilidades que não estão apresentadas nos cursos são imprescindíveis, tais como uma boa base de conhecimento, saber se comunicar, escrever, saber como estudar, entre outros.

    Pré-requisitos para ganhar dinheiro com os cursos do Hotmart:
    – Saber estudar.
    – Ensino Médio Completo
    – Saber escrever uma redação
    – Ser minimamente criativo
    – Saber usar as principais ferramentas do computador (digo: Word, Excel, Windows, mídias sociais)

    Claro que existem exceções, é impossível teorizarmos qualquer coisa sem generalizar. No entanto, acho que alguém que não passe em alguns dos pré-requisitos acima servirá somente para alimentar tubarões no oceano da net.