Patreon É Bom #SQN

patreon

Quem desenvolve vídeos para o Youtube precisa encontrar alternativas para fazer com que o seu canal traga retorno financeiro. Produzir vídeos é sempre trabalhoso e demanda tempo. Uma alternativa para monetizar vídeos é o Patreon.

O princípio é o seguinte: através deste serviço online seus inscritos no Youtube farão doações diretamente a você como reconhecimento pelo trabalho feito em seu canal, tornando-se os seus patronos. Alguns utilizam o termo “patrão” para designar aqueles que fazem doações, o que só pode ser uma piada de mal gosto. 

Incentivo?

Estou com a impressão de que o Youtube está em franca decadência. Talvez ele acabe morrendo como o nosso saudoso Orkut. Parece que possuir uma grande quantidade de inscritos e ter vídeos com muitas visualizações não é mais considerado como um incentivo por si só. Os Youtubers querem também que você dê a eles dinheiro para que continuem produzindo vídeos.

Na teoria é uma boa idéia: Seus inscritos colaboram financeiramente com o seu trabalho e você dispõe cada vez mais de recursos para produzir vídeos melhores que atendam a seu público. Mas esta ideia na prática é um pouco desanimadora.

Uai, e o que eu ganho com isso ??

Talvez se pergunte: “O que eu ganho doando $$ para um canal ??” Bem, não ganha NADA de concreto. Apenas ajuda o vlogger a continuar existindo. Os vídeos que você assistia, continuará a assistir, doando $$ ou não. Por este motivo, creio que a esmagadora maioria não sentirá um pingo de motivação para doar nada. E por que doariam? por pena? por piedade? Por interesse próprio ou egoísmo o número de doadores seria bem maior se existisse essa possiblidade.

Deveriam criar um tipo de Patreon em que os inscritos também ganham dinheiro. Afinal de contas, qual o sentido de pagar para ouvir as opiniões de outras pessoas? Se você segue centenas de canais se sentira levado a fazer centenas de doações?

É por isso que amo os cursos encontrados no Hotmart, você paga por um conhecimento que vai fazer a diferença na sua vida e vai colocar muito dinheiro na sua vida. Você ganha, o afiliado que divulga ganha e o produtor ganha. Todo mundo sai ganhando! Mas o Patreon não permite essa relação ganha-ganha. Se um vlogger acha que seu conhecimento é valioso demais para ser distribuido gratuitamente então ele deveria elaborar um curso, colocar no Hotmart e vender.

Talvez alguns respondam: “Está ganhando conhecimento”.

Esta não é uma resposta boa o suficiente. Muitos youtubers apenas dão opiniões pessoais sobre fatos. Acho o cúmulo do absurdo uma pessoa se achar no direito de pedir doações apenas por emitir opiniões. Fazer vídeos dá um trabalhão danado, dependendo do tema e da qualidade. O Youtube deveria ser visto apenas como uma ferramenta a mais, e não um meio de vida.

Foi-se o tempo em que a proposta era simplesmente apontar uma cara para o rosto e falar. Parece que Youtube precisa pagar todas as contas da casa. Acontece que isso será difícil para a maioria.

Naturalmente todos nós queremos ganhar coisas em troca. Quando alguém quer mexer com o seu bolso a primeira pergunta a se fazer é “o que receberei de volta” ? Doar só por doar não me parece uma razão

Dâniel Fraga e a matemática miraculosa:

daniel-fraga

Será que Patreon é bom? Vamos analisar um exemplo? Dâniel Fraga é um vlogger muito conhecido no Youtube. Possui um canal com mais de 79.000 inscritos e produz vídeos desde 2009. Ele foi um dos adeptos dos serviços do Patreon. Com essa quantidade de inscrições parece lógico concluir que poderá ganhar um bom dinheiro.

Vamos supor que destes 79 mil inscritos apenas 5% deles decidam fazer uma contribuição para o seu canal. Neste exemplo, temos 3.950 pessoas dispostas a fazer uma doação. Vamos imaginar que cada uma delas fez uma contribuição de R$ 2,00 no mês, um valor absurdamente baixo. Este canal teria ganhado cerca de R$ 7.900,00.

Uauuuuu! Nada mal! Imagine uma contribuição dessas pingando todos os meses em sua conta corrente. Você teria tempo de sobra para dedicar-se aos seus vídeos e ainda poderia comprar câmeras e outros equipamentos de primeira para realizar as gravações.

O exemplo que citei foi um chute bem baixo. Algumas pessoas poderiam colaborar com mais de R$ 2,00, ou o índice de colaboradores poderia ser superior a 5%, pois estamos falando de um vlogger que já tem um nome estabelecido no Youtube e muitas pessoas que o seguem fielmente. Ainda que uma pequena minoria fizesse doações o valor ainda continuaria sendo alto, podendo ultrapassar os R$ 10 mil por mês com extrema facilidade. Não se esqueça também que o número de inscritos sempre está subindo.

É o sonho dourado de viver só de Youtube. Mas antes de começar a ficar feliz eu acho melhor você pensar duas vezes!

Lá vem as más notícias:

O próprio Dâniel Fraga DESISTIU de continuar a usar o Patreon. Ué?? como assim? Será que ele ficou maluco de abrir mão de uma mina de ouro? Ele é um cara inteligente, se estivesse tendo um retorno semelhante ao mostrado acima nunca que ele iria abrir mão desta fonte de renda.

A razão é muito simples: o retorno simplesmente não compensa! Parece que ninguém está colaborando com ele, ou estão doando centavinhos. Desconfio que para valer a pena é preciso ter uma quantidade extremamente grande de inscritos, o que é inviável para a maioria de nós.

Ele explica seus motivos neste vídeo:

Isto é um balde de água fria em quem usa este serviço. Se não compensa para ele que tem mais de 79 mil inscritos como vai compensar para quem tem canais menores? E para quem ainda vai começar a criar seu canal do zero?? Não parece promissor.

Esmolinha:

mendigo

Não quero ofender ninguém, sei que muitos ainda usam Patreon. Eu nunca me utilizei deste serviço porque o simples fato de ter que pedir dinheiro para desconhecidos é algo humilhante. Sim, pedir dinheiro é uma humilhação muito grande. Isso é chato! Qual foi a sua sensação da última vez que alguém te pediu dinheiro? Posso apostar que houve um sentimento de desconforto no ar. Eu não gosto de pedir dinheiro nem para amigos e parentes, que dirá desconhecidos.

Marketing de afiliação:

Se você pode ganhar um bom dinheiro sem ter que pedir nada a desconhecidos e sem ter que apelar para a caridade alheia não seria muitíssimo melhor? O bom é que você não precisa ter um canal lotado de inscritos e nem precisa ter uma fama construída ao longo de anos.

Os produtos que pagam comissões estão por aí esperando para sempre promovidos! Pra mim é bem mais dinâmico, rentável e menos humilhante que o Patreon. O jogo está mudando, apenas ter um grande público e visualizações em vídeos não é mais suficiente para ninguém. Os Youtubers deveriam trabalhar com marketing de afiação em conjunto com a gravação de seus vídeos. 

Se você souber de outros casos de Youtubers que usam Patreon e estão tendo algum lucro comente nos comentários. Mesmo assim, eu pessoalmente não cogitaria usar este serviço. Nunca quis, e depois de assistir ao vídeo do Dâniel Fraga me desanimei por completo. Como mencionei antes, considero humilhante ter que pedir dinheiro. Prefiro promover produtos de terceiros e ganhar comissões. Ainda que nem todos comprem sempre haverá alguém interessado e desejoso de possuir os produtos que divulgo.

Youtube morrerá ??

Outra coisa que me chamou atenção foi pensar no possível colapso e queda do Youtube. Já havia presenciado muitas pessoas queixando-se que está cada vez mais díficil obter rendimento. Muitos vídeos, muito trabalho, baixa visualização e retorno extremamente insatisfatório. Me parece que apenas os canais de besteirol continuam a pleno vapor.

susana