Desmotivação No Marketing Digital

zzzzz

Que atire a primeira pedra quem nunca se sentiu desmotivado pra encarar aquele curso com 30 módulos que finalmente vai te ensinar a ganhar dinheiro. E aquele hangout de 2 horas com as técnicas matadoras de anunciar no Facebook Ads? E aquele ebook com 160 páginas que você baixou? Quantos de nós já não desistimos de tudo isso por pura falta de motivação?

OBS: Não se preocupe! Não é um post para te indicar um curso ou um livro de como atingir seus objetivos. Motivação externa nem sempre funciona. Você poderia comprar um curso ou um livro sobre como atingir metas e ainda assim jogar para o canto. A motivação de verdade é aquele que surge de dentro para fora. Também não é um post motivacional do tipo “Você vai vencer !” ou “Vá em frente !”

No marketing digital brasileiro acontece algo bizarro: as pessoas não querem fazer cursos, não querem estudar, não querem pagar por nada e mesmo assim ainda querem os resultados. A desmotivação está constantemente presente em nossas vidas. Não apenas com relação a marketing digital, mas com relação a trabalho, estudos, academia, etc. Porém, como vencer? Vamos começar falando do marketing digital e porque é tão comum essa “desmotivação“. Primeiramente, marketing digital é um ramo chato por envolver diversos aspectos técnicos que vão além do seu esforço e dedicação. Precisamos dominar ferramentas, entender métricas, entender as necessidades do público alvo, redigir posts, redigir anúncios e muitas vezes lidar com a frustração de anúncios pagos que não convertem, blogs que não recebem tráfego, vídeos que não ganham visualizações, etc. Sem falar no tormento de ter contas bloqueadas.

Pessoas que conheceram o marketing digital há pouco tempo possuem uma curva de aprendizado grande. Leva tempo até dominar as ferramentas e entender os conceitos. Sem falar que é preciso uma razoável dose de paciência para lidar com as frustrações decorrentes dos erros que certamente acontecerão. É óbvio que nem todas as pessoas querem passar por este processo. O marketing digital é para todos, mas nem todos são para o marketing digital.

Muitas pessoas são seduzidas pela promessa de ganhar dinheiro no conforto do lar, mas elas acabam perdidas no meio do processo, se desmotivam e desistem porque não possuem o perfil para encarar todas as etapas. E ainda por cima, saem por aí dizendo que “marketing digital não funciona“, fazendo uma propaganda negativa que acaba influenciando outras pessoas.

 Tempos remotos:

Hoje em dia, a oferta de alimentos é enorme: há uma lanchonete, mercadinho ou super mercado em qualquer lugar. Sua geladeira deve estar lotada de coisas para comer. Nem sempre foi assim! Nossos ancestrais tinham muita dificuldade muito grande para sobreviver. Eles viviam basicamente da caça, o problema, é que não podiam ficar o tempo todo caçando. Era cansativo, desgastante, perigoso e nem sempre eram bem sucedidos. Geralmente abatiam um animal de grande porte e se alimentavam dele por um bom tempo. Ou seja, nossos ancestrais poupavam energia e esforços. Era uma questão de sobrevivência, pois não sabiam quando seria a próxima refeição.

Nossos antepassados eram frágeis, tinham que se esconder de predadores e a oferta de alimentos não era abundante. Mais uma razão para pouparem energia e não ficarem expostos de forma desnecessária. Sendo assim, há bons motivos para que em algumas situações nos sentirmos preguiçosos e sem motivação para realizar determinada ação. Tudo culpa dos homens das cavernas!

homem-das-cavernas2

Sentimos mais prazer em sentar no sofá, comer e assistir TV do que realizar qualquer outra atividade que exija algum tipo de esforço físico ou intelectual. Estamos viciados no prazer da comodidade moderna. Quando começamos uma atividade exigente é preciso disciplinar a mente que irá disparar diversos mecanismos de defesa para te proteger da fadiga de se esforçar demais. Você acaba entrando em um processo de auto-sabotagem. É por isso que aquele curso de 30 módulos você parou no módulo 3 e aquele ebook de 160 páginas você nem sequer lembra onde salvou.

Esforço desagradável

Não adianta afirmar o contrário: esforço é desagradável e sua mente quer te empurrar para atividades prazerosas. Mas, se você almeja os resultados que o marketing digital te possibilita vai ter que passar por este “teste”. Não se engane, todas as pessoas de sucesso também passaram pela mesma coisa. Também tiveram preguiça, também tiveram sono e também tiveram vontade de jogar tudo para o alto. Pode até parecer clichê, mas é verdade.

Pense naquilo que você deseja e o motivo de ter entrado no marketing digital. Quanto maior seu objetivo maior o esforço que vai ter que empreender e maior a sua curva de aprendizado.

Não se iluda. Não diga coisas do tipo: “Marketing digital não é para mim“. Você não está olhando para o centro da questão. O problema é falta de disciplina que irá te afetar em outras áreas da vida.

Outra coisa que estamos pouco dispostos a fazer é SACRIFÍCIOS. Quanto mais difícil e complexo é um assunto, mais tempo de estudo ele vai exigir. Na vida corrida da modernidade ninguém tem muito tempo para nada, e o pouco tempo que sobra queremos gastar com diversão, entretenimento e passatempo. Quando “sobrar” algum tempo você vai se dedicar ao seu projeto. O problema, é que isso é pura ilusão. Jamais vai sobrar esse tempo e seus projetos ficarão abandonados para sempre. O preço para quebrar com esse padrão é sacrificar de forma consciente seu conforto e lazer em detrimento da realização de seus projetos.

Quem é que quer perder horas de sono por causa de um projeto? É bem mais agradável sair com os amigos, pedir uma pizza ou ficar de bobeira nas redes sociais. Muito mais agradável! Todos nós temos propensão para o conforto e a indolência. Nem é preciso discorrer muito sobre como a falta de disciplina nos atrapalha não apenas no marketing digital, mas em muitos outros aspectos de nossa vida.

Como vencer: 

Não caia na tentação de acreditar que um segredo escondido, uma técnica ninja, um hack, uma fórmula qualquer ou algo do tipo vai resolver seus problemas. Pensar assim só lhe torna dependente, só lhe faz jogar dinheiro fora e não resolve nada. Para vencer, é preciso quebrar com essa programação que só lhe prejudica e congela seus objetivos. Você precisa de disciplina e persistência. Não se engane achando que um curso ou um livro vai lhe dar isso. VOCÊ é quem te que dar isso a si mesmo! Ninguém pode ser persistente no seu lugar. Persistência é uma decisão pessoal.

Ex 1: Você está em casa e tem uma pilha de louça suja na pia da cozinha. Você não tem a mínima vontade de lavar. Não adianta ir ver vídeo na internet, ler post, comprar ebook ou comprar curso. A louça vai continuar lá. Você sabe o que tem que fazer, simplesmente caminhe até a cozinha, pegue o detergente e a esponja e comece a lavar. Temos a ilusão que só precisamos agir quando tivermos motivação para tal. Isto é um engano! Muitas vezes, precisamos agir por pura necessidade.

Ex 2: No exemplo da louça suja, você pode decidir largar tudo na cozinha e ir se ocupar com coisas mais agradáveis. Imagine outra situação: São 6 da manhã, uma segunda-feira chuvosa e fria. O despertador começa a tocar e você precisa se levantar da cama que está quentinha e gostosa. Ficar ali é bem mais agradável do que levantar-se, mas você precisa chegar cedo para o trabalho. NÃO EXISTE a opção de ficar onde está. Você não vai para a internet procurar texto motivacional, não vai ver vídeo e nem nada. Você simplesmente levanta e vai! Não há outra opção! Você sabe muito bem quais são as conseqüências de não levantar-se. Não é curioso como achamos motivação rapidinho quando estamos com a corda no pescoço?

motivacao

É justamente este senso de urgência e importância que você precisa transportar para outras áreas da sua vida. Muitas vezes, não nos movemos porque estamos seguros e aparentemente nada ameaça essa segurança. Se não há nenhum senso de emergência você simplesmente não vai se mover. Talvez este seja mais um dos motivos para seus projetos não andarem: excesso de segurança.

Sua mente condicionada pelas comodidades da vida moderna sempre vai te puxar para baixo. Sempre vai te sabotar e te frear. Motivação não tem nada a ver com sentir-se sorridente e disposto o tempo inteiro. A verdadeira motivação inclui agir mesmo quando você está cansado, chateado, triste e sem vontade de nada. Não fique aguardando a motivação aparecer em sua vida como mágica. Não vai ser assim!

Não desista fácil. Deixe o lazer para depois que você cumprir com seus objetivos principais.

Resumindo:

  • Sua maior luta não é para descobrir o melhor meio de atingir os objetivos. Sua maior luta é contra você mesmo.

  • Motivação não é sentir-se disposto o tempo todo. É agir apesar da desmotivação.

  • Quanto mais ousado o seu objetivo, mais ele vai custar em termos de disciplina, conhecimento e esforço.

  • Tenha clareza de quais são seus objetivos. Se você não sabe o que quer, não tem pelo que se esforçar.

  • Tenha pressa e urgência para completar suas tarefas diárias. Tudo o que não é importante vai ser jogado de lado.

  • Motivação verdadeira não vem de um livro ou de um curso, embora eles possam ajudar. A verdadeira motivação surge de dentro para fora. Você já tem todo o necessário para ser uma pessoa motivada neste exato instante.

susana[1]

Post:
Data:
Assunto:
Desmotivação No Marketing Digital
Classificação:
51star1star1star1star1star